quarta-feira, 21 de setembro de 2011

declaro proibido

tirar minha mãe de perto de mim! meu coração tá aqui sofrendo, chorando, resmungando. é sofrer que não falta mais nem termina nunca.

Um comentário:

O Impenetrável disse...

ai ai, assim é a vida.
bons ventos por aí.