segunda-feira, 5 de novembro de 2012

palavras dos outros: medo de você

"— E você, por que desvia o olhar?

(Porque eu tenho medo de altura. Tenho medo de cair para dentro de você. Há nos seus olhos castanhos certos desenhos que me lembram montanhas, cordilheiras vistas do alto, em miniatura. Então, eu desvio os meus olhos para amarra-los em qualquer pedra no chão e me salvar do amor. Mas, hoje, não encontraram pedra. Encontraram flor. E eu me agarrei às pétalas o mais que pude, sem sequer perceber que estava plantada num desses abismos, dentro dos seus olhos.)

— Ah. Porque eu sou tímida."

(Rita Apoena)

Um comentário:

sobrefatalismos disse...

Quase sempre me deparo com esse texto da Rita, um dos favoritos de todo mundo que convive aqui na blogosfera. Engraçado que acabo de escrever uma crônica sobre essa fantástica troca de olhares - que vale mais do que mil palavras.
Abraços.